Sydney Opera House

Sydney Opera House

Voltar



1 comentários
Depois de umas belas e longas férias no nosso Algarve e arredores, voltar à Austrália era uma ideia agridoce. Por um lado havia uma pontinha de saudade de algumas coisas e pessoas que deixámos lá, por outro não nos apetecia nada deixar a família outra vez. Logo agora que o novo elemento aprendeu a reconhecer-nos como o tio e a tia; agora que a minha irmã caminha a passos largos para o final da gravidez; agora que a praia estava boa e que nos voltámos a habituar ao conforto da casa que temos em Portugal...
Mas aceitámos e vivemos a última semana tranquilamente, sem grandes despedidas e sem lágrimas no aeroporto.

Chegámos bem e rapidamente nos adaptámos ao ritmo de Sydney, não sem antes assistirmos a alguns nascer-do-sol por conta do jetlag...
Só custou um bocadinho a habituar-nos à temperatura. Isto de passar do Verão ao Inverno numa questão de horas não é fácil. Claro que antes de partirmos para as férias, o entusiasmo era tanto que ninguém se lembrou que íamos precisar de roupas quentes quando voltássemos. Resultado, primeiro dia a tentar resgatar alguma coisa da pequena arrecadação onde deixámos as nossas coisas antes de partir.
Tendo em conta que o que deixámos foi isto:

Oh não, um monte de tralhas prestes a desmoronar!

...e que ainda não temos casa nova, digamos que encontrar as roupas de Inverno não foi tarefa fácil...
Ao segundo dia já andávamos na azáfama da procura de casa e parece que temos novidades mas isso fica para outro post.
Estamos cá e prontos para voltar à rotina australiana!

Gone shopping



3 comentários
Um dos objectivos das férias em Portugal era actualizar o nosso guarda roupa, já que na Austrália era difícil encontrar coisas ao nosso gosto a um preço razoável.
Parecia como quando eu era pequena e no início de Setembro, antes da escola começar, íamos a Lisboa comprar roupa para todos na Zara (que na altura não existia no Algarve).

A poucas semanas do regresso, apercebi-me que as férias se aproximavam do fim e roupa nova nem vê-la, por isso fui tratar disso. Com o início das promoções, até consegui encontrar umas coisas mais quentes (e ser a única pessoa a mexer nas secções de casacos e camisolas, claro).


O saldo foi positivo: vários pares de calças, tshirts, camisolas, pijamas, meias e collants, trouxe tudo o que precisava. Só me faltaram mesmo umas botas, mas encontrar umas no Verão era mentira...
Ele também se abasteceu e ainda me bateu aos pontos nos sapatos com os 2 pares que trouxe.
Assim já viemos mais descansados, que não nos vai faltar o que vestir e que ajudámos um bocadinho a economia do país!

Missão cumprida. Para o ano há mais!

O baby shower



1 comentários
Ainda me lembro daquela sessão de skype, quando a minha irmã me disse que tinha umas fotos para me mostrar e depois me apareceu com as imagens da ecografia na mão.
Ia ser tia!
Acho que nessa mesma conversa lhe perguntei na brincadeira se podia organizar o baby shower, já que me tenho dedicado a essas coisas com o meu projecto My Party design. Ela disse que esse tipo de festas não se fazia em Portugal e que ninguém ia perceber o que era. E nunca mais se falou no assunto...

Mas depois os meses passaram, a barriga cresceu, soube-se que era uma menina e a opinião da minha irmã mudou. Afinal eu até ia estar em Portugal na altura perfeita para tratar de tudo. E assim que cheguei começámos a tratar dos pormenores.

Ela queria um tema de mochos, a condizer com a decoração do quartinho do bebé. Decidimos as cores, desenhei o convite e as decorações de papel e pus mãos à obra. Encomendámos um bolo a condizer com o tema à Marta da Bolos e bolinhos e ficou giríssimo. O resto da comida foi preparada em casa na manhã da festa, numa espécie de linha de montagem onde participaram todos os "habitantes". A minha parte preferida foi montar os vasos de "flores" de fruta.


Foi uma festa cheia de detalhes pensados ao pormenor. Como a minha irmã não queria receber prendas, pedimos aos convidados que trouxessem fraldas e sorteámos um prémio por todos os que o fizeram. À porta estava uma grande caixa decorada para colocar os pacotes, em troca de uma senha para o sorteio.
Também fizemos um tradicional jogo de baby shower, o "nunca digas bebé", que deu aso a muita risada. Cada convidado recebeu um par de molas e na mesinha da entrada estavam emolduradas as regras do jogo. O meu detalhe preferido foram as palhinhas às riscas, com bandeirinhas personalizadas com um mocho e com o nome da bebé.


Também não faltou o tradicional bolo de fraldas como parte da decoração, os banners e os balões! Os convidados foram para casa com um saquinho de gomas personalizado.


Foi uma festa descontraída e divertida que a (quase) tia babada, adorou decorar! 
Visitem a página do My Party design no Facebook e descubram mais sobre o meu trabalho!

Então o que têm feito nestas férias?



0 comentários
Pois é, já estamos cá há mais de um mês e o blog passou para segundo plano. Têm sido umas semanas intensas, de muitos convívios, de muita (e boa) comida, de muitos mimos da família e de algum relax.

As primeiras semanas foram uma correria para conseguir ver toda a gente e uma overdose de emoções. É que as saudades são tramadas e mesmo sabendo que íamos ficar cá algum tempo, havia aquela pressa de estar com as pessoas de quem sentimos tanta falta nos últimos 2 anos.

Depois seguimos para 2 semanas de passeio pela Europa. Aquilo que nunca tínhamos feito juntos quando morávamos em Portugal. Voltámos esgotados de tanta cultura mas adorámos!

Paris

Roma

Londres

Depois das férias culturais assentámos no nosso Algarve, para uma boa dose de praia, de peixe assado e de outros petiscos com que andávamos a sonhar. E para gozar a nossa casa, claro! Que saudades do nosso enorme sofá, das noites de torneio de "buzz", da nossa cozinha e do barbecue na varanda. Temos mesmo que arranjar uns aposentos melhores em Sydney quando voltarmos...
Houve ainda tempo para conhecermos melhor o nosso sobrinho de um ano e para preparar o baby shower da minha irmã. Que felicidade :)



newer post older post